Cultura & Comércio

Wilson Otero
E Tenho Dito!
Colunista
Wilson Otero
José Raimundo
Crônica Do Leão
Colunista
José Raimundo
Fernando Wardi
Nossa Terra
Colunista
Fernando Wardi
Maria Das Graças Babá Reis Couto
Comportamento
Colunista
Maria Das Graças Babá
Clemer Gouvêa
Culinária
Colunista
Andrea Otero
José Guedes
Coluna Do Zé
Colunista
José Guedes
Maria Efigênia
Histórias Para Pensar
Colunista
Maria Efigênia
Leo Marques
Bafônicas
Colunista
Leo Marques
Wesley Fortes
Semana na Câmara
Colunista
Wesley Fortes
Leo Alves
Seu Direito
Colunista
Leo Alves

Acessibilidade será uma de minhas metas

E-mail Imprimir PDF
 Prezado Leitor, quero informar aos senhores que sou pré- candidato a vereador na próxima eleição! Por que querer ser vereador??  Para fazer fortuna como os outros?? Para ter privilégio na cidade?? Para ser mimado por quase todos?? Para colocar meus amigos em cargos públicos e no legislativo com altos salários?? NÃO NÃO NÃO!!! A minha meta é poder ajudar a quem precisa, mas com certeza no coletivo e não no individual. 
Por exemplo, conversando com Rafael, filho do meu amigo Inácio Magalhães, ele me disse dos transtornos que Nova Lima transfere para as pessoas que necessitam de uma infraestrutura, a “Acessibilidade”! Será uma das minhas metas, que impedem e dificultam a livre circulação de pessoas, sobretudo as pessoas que sofrem alguma incapacidade transitória ou permanente.
Nova Lima não está preparada para receber pessoas com qualquer tipo de deficiência, totalmente inacessível. Dentre alguns exemplos, podemos citar: calçadas, passeios e calçadões com pavimentação esburacada e desnivelada com canteiros e projeção de vegetação na calçada; falta de rampas; rampas íngremes; escadas com degraus variando na largura e altura; piso escorregadio; falta de corrimão e guarda-corpos; estacionamentos sem vagas para pessoas portadoras de deficiência; jardins e praças sem proteção em torno dos troncos de árvores, equipamentos mal colocados tais como: telefones, bancas de jornal, caixas de correio, cestos para lixo; falta de acesso a hospitais, escolas, bancos, supermercados, cinemas, igrejas, clubes etc; meios-fios altos; telefones públicos e caixas de correio altas; falta de banheiros públicos; falta de sinalização de rampas e passarelas; falta de sinalização para motorista.
Este ainda é um grande desafio para Nova Lima, uma constante maratona. E além das barreiras físicas presentes existem outras psicossociais que são próprias às questões da pessoa com deficiência e que necessitam ser removidas: o preconceito, a ignorância e o medo.
O objetivo é proporcionar a maior independência possível e dar ao cidadão deficiente ou àqueles com dificuldade de locomoção, o direito de ir e vir a todos os lugares que necessitar, seja no trabalho, estudo ou lazer, o que ajudará e levará à reinserção na sociedade.
Combater toda e qualquer forma de preconceito e discriminação é nossa obrigação como cidadão. Essa luta deve ser travada diariamente, em casa, no meio social e no trabalho. A nossa participação nesse processo é fundamental. Depende de nós assegurarmos o direito à igualdade, ao respeito ao próximo, não por imposição, mas por uma consciência de responsabilidade social, por sentirmos que o significado da fraternidade nos eleva enquanto seres humanos, pois somos responsáveis pela qualidade de vida de nossos semelhantes.
Finalizando, Rafael se propôs a fazer um projeto “Acessibilidade para Nova Lima”, e se Deus quiser, será um dos primeiros projetos encaminhados por mim na Câmara! 

( 1 Vote )
 
You are here: Home Matérias E Tenho Dito! Acessibilidade será uma de minhas metas