Cultura & Comércio

Wilson Otero
E Tenho Dito!
Colunista
Wilson Otero
José Raimundo
Crônica Do Leão
Colunista
José Raimundo
Fernando Wardi
Nossa Terra
Colunista
Fernando Wardi
Maria Das Graças Babá Reis Couto
Comportamento
Colunista
Maria Das Graças Babá
Clemer Gouvêa
Culinária
Colunista
Andrea Otero
José Guedes
Coluna Do Zé
Colunista
José Guedes
Maria Efigênia
Histórias Para Pensar
Colunista
Maria Efigênia
Leo Marques
Bafônicas
Colunista
Leo Marques
Wesley Fortes
Semana na Câmara
Colunista
Wesley Fortes
Leo Alves
Seu Direito
Colunista
Leo Alves

Começar... sempre!

E-mail Imprimir PDF
O momento é de reflexão, é de fazer o balanço anual do que viveu. Teremos 365 dias pela frente para corrigir falhas, rever metas e fazer escolhas acertadas. Sugiro que você inicie o ano cuidando bem de você.
Purificando o corpo e a alma com um bom banho de água salgada, vale colocar um punhado de sal grosso numa bacia de água morna e jogar no corpo do pescoço para baixo, pós banho. Antes, arrume os armários de sua vida, desfaça de coisas que não te servem.
 No dia 31 de dezembro, sugiro que faça o ritual da limpeza: num papel, escreva o que te deixou infeliz, as situações difíceis, as mágoas. Depois, queime-o numa panela.
Para reforçar os aspectos positivos, para que o ano novo seja harmonioso, pegue outro papel e escreva, de forma bem clara, suas metas para 2016, para todos os níveis: material, físico, social, profissional. Distribua as metas ao longo dos 12 meses do ano. Recorte este quadro e deixe-o num lugar bem visível – sugiro afixar na porta de seu guarda roupas. A medida que os for realizando, vá ticando os itens. É claro que, ao longo do tempo, seus planos podem mudar, mas um projeto bem-feito sempre ajuda a aproveitar melhor o caminho. Ao findar o novo ano, leia a lista, faça o seu balanço e repita o ritual. Essa atitude purificadora.  alimenta a esperança! 
Reserve um tempo para você, descansar, sair do estresse, esquecer o relógio e respeitar seu ritmo biológico, principalmente a necessidade de sono, o que equivale a uma profunda limpeza interior. 
Aproveite os momentos de folga para estar ao ar livre, respirar profundamente e perceber a perfeição da natureza. O ar é a fonte da vitalidade. Observe a beleza de um dia de chuva, de uma folha caída, de uma flor se abrindo, do canto dos pássaros, do movimento dos peixes. Em 2016, tenha como meta comer apenas alimentos saudáveis.  Coma pouco à noite e que seja alimento leve, para melhorar a qualidade do sono. 
 “Aquele guarda-roupa aliado a velha mania de guardar tudo com temor de algum dia precisar são um jeito de estagnar sua energia e impedir que ela circule livremente – não só no guarda-roupa, mas em toda a vida”. Faça uma revisão completa de seus pertences e abra espaço para as novas possibilidades. Circule a energia do bem e do desprendimento. Renove seus objetos pessoais de uso diário. Dê início há um novo ciclo. Reconheça seus limites financeiros, saneie dívidas, poupe dinheiro.  Dívidas comprometem sua leveza para lidar com a sua rotina de vida. 
Lembre, o homem é um ser social, que nasceu para cultivar o amor, a ternura, a amizade. Sem esses valores, qualquer um fica amargo, triste e pode até adoecer. Nutra as amizades e cuide bem das relações familiares. Dedique-se às questões coletivas, enxergue um mundo maior além da sua casa. Faça algo novo e diferente no dia-a-dia. 
Medite e fale com Deus. Agradeça! Por mais difícil que seja seu dia, sempre há algo a agradecer. Enxergar, andar, comer, acordar sem nenhuma dor, sentir o cheiro bom de uma flor, encontrar um amigo, descobrir um talento é bom motivo para celebrar o fato de estar vivo.
Começar o ano de coração limpo é, sem dúvida, um jeito de se abrir para a felicidade.  Viva o presente, assim fica mais fácil escutar seu coração e decidir-se pelo melhor. Boa sorte hoje e sempre!

( 0 Votes )
 
You are here: Home Matérias Comportamento Começar... sempre!